sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Demon within

Fugi. Tranquei-o em mim.
Mas não o consigo calar. Continuo a ouvi-lo em cada tropeção, em cada dúvida, mesmo em cada vitória.
Por mais que o negue continua a convidar-me para dançar.
- Come on, you know you want it.
Nem respondo. Para que não ouça a minha voz. Quero-o longe dos meus pensamentos. Quero paz. Quero dizer não e mantê-lo longe de mim.

Sem comentários: