segunda-feira, 5 de março de 2012

...frágil...

Imagem: google.pt

Perdi o interesse... dizem que perdi o interesse... as tarefas são executadas com o mesmo método, as palavras são ditas com o mesmo tom, tudo é feito do mesmo modo. Mas parece que deixei de transparecer emoção.
Sei que sim.
Não consigo empenhar-me. Não consigo apaixonar-me. Tudo se tornou morno, sem sabor, sem cor.
Não deveria ser assim. Deveria estar a cumprir a minha promessa.
Mas parte de mim ficou presa no passado, ficou refém da dor. Sinto-me fraca. Sem capacidade para lutar. Só quero deixar-me ficar. Em sossego, em reclusão.
Continua a ser difícil.
Fiz uma promessa. As promessas são para cumprir. Há que continuar.