terça-feira, 26 de outubro de 2010

Open air / Cast aside

De um mundo de coisas sobre as quais achei que iria escrever dou por mim a pensar em tudo o resto...
Mais uma vez renego o que achei querer e custa-me. Custa-me fazer o mesmo percurso de renúncia, de entrega. Algo pelo qual me esforcei. E agora, sinto novamente que foi em vão...
Ao final do dia, a rádio foi portadora de uma boa notícia. No Verão, volto à Bela Vista.
Porque é que me hei-de sempre prender aos pormenores? Às pequenas coisas que não são ditas, que não são escritas, que não são feitas?
Não consigo ter a perspectiva simples da vida. Não me consigo cingir ao preto e branco. Não consigo. Não sei. Gostava de saber. Gostava, porque sei que tudo seria mais simples. Tudo aquilo que eu complico. Gostava de não ver tantos tons de cinzento. Gostava de ser mais simples, ter pensamento binário talvez. Ou talvez não.
Certo e seguro é que gostava de não ficar tão triste com pormenores que serão sempre insignificantes, mas que me fazem diferença. Talvez por comparação. Talvez por me sentir num mundo à parte. Talvez por estar numa posição que ainda não me é confortável. Ainda não me encontrei neste novo lugar que ocupo. Duvido. Hesito. Caminho. Ainda assim, hoje e sempre, caminho passo a passo. Com mais ou menos cor e mais uma ou menos uma tonalidade de cinzento hei-de continuar a pintar a minha vida, leve o caminho onde me levar.

sábado, 9 de outubro de 2010

dá-me amor ou ódio *

dá-me amor ou ódio
faz ou desfaz o meu coração
dá-me amor ou ódio
salva-me ou mata-me de paixão
se o amor é fogo
atira-me à fogueira sem piedade
se no amor há um dono escraviza-me até à eternidade
porque é o tempo é feito de ti e mim e tudo o resto é demais
amor ou ódio
tanto me faz
deus e diabo querem assim
assim será
dá-me amor ou ódio
beija-me corta-me na tua boca
dá-me amor ou ódio
queima-me molha-me sem roupa
se o amor não se vê entra no escuro sem ter medo
se o amor não diz porquê nunca questiones seu segredo
porque o tempo é feito de ti e mim
e tudo o resto é demais
amor ou ódio
tanto me faz
deus e diabo querem assim
assim será
porque o tempo é feito de ti e mim
e tudo o resto é demais
amor ou ódio
tanto me faz
deus e diabo querem assim
assim será
porque o tempo é feito assim
e tudo o resto é...

*Dá-me amor ou ódio, Mundo Cão