segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Fissuras

Quebra algo em mim cada vez que tenho que fazer alguma coisa contra a minha vontade.
Bem sei que a criança que fui já não sou. Já não posso ser. Castigos e decomposturas já não são a consequência.
Respirar fundo e fazer o que é suposto nunca foi coisa para condizer comigo e quando tem que ser, custa muito.
Fico dias a remoer.
Dias a convencer-me que não pode ser de outra forma.
Umas vezes apazigua, outras rebenta...

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Demon within

Fugi. Tranquei-o em mim.
Mas não o consigo calar. Continuo a ouvi-lo em cada tropeção, em cada dúvida, mesmo em cada vitória.
Por mais que o negue continua a convidar-me para dançar.
- Come on, you know you want it.
Nem respondo. Para que não ouça a minha voz. Quero-o longe dos meus pensamentos. Quero paz. Quero dizer não e mantê-lo longe de mim.

sábado, 9 de abril de 2016

Stop

Pára. Escuta (o coração). Olha (para a tua vida).
Estou em remodelações.
Os pilares mantêm-se. Os acessórios vão levar uma volta.